Janaina & Anderson


01/03/2011


Topo de Bolo? Fechado!

Pode não ser mais novidade, mas, a gente sempre quis ter os nossos bonequinhos para colocar no topo do bolo, e sendo assim, fomos atrás de achar um fornecedor bacana para cumprir esta tarefa. A noiva para variar fez mil e uma pesquisas, até que uma madrinha fez uma indicação, ela viu, gostou, partilhou com o noivo... e fecharam.

A escolhida foi: http://www.elo7.com.br/lorenbiscuit não podemos ainda indicar com firmeza, pois, só iremos receber o nosso casal mais perto do casório - mas, fica como dica.

A noiva já sabe exatamente como quer sua noivinha. E o noivo estava em uma dúvida cruel... mas, acho que agora já se decidiu!

Existem vários tipos de estilos... os infantis, os reais, os em caricatura, os em madeira, os em vidro e mais um tanto que se pesquisarem vão encontrar. Nós optamos pelos noivinhos reais, ou seja, queremos mesmo que pareçam com a gente.

Os noivinhos seguem detalhes dos trajes usados no big day, penteado e acessórios que tenham a ver com os noivos. Aí, neste fim de semana fomos na loja que o noivo alugou a roupa para tirar fotos. Lembrei o quanto ele vai ficar lindo no dia... ai ai...

E falando no noivo... domingo fez 8 anos que demos nosso primeiro beijo! Foi especial e não oficial, já que não foi a partir deste dia que ficamos juntos pra valer. Nós ficávamos de vez em quando na facu. Mas, realmente foi especial... e se me perguntarem como foi, ainda hoje sei descrever a cena... aliás, vou compartilhar com vocês, porque chega a ser engraçada. E aí que eu falo, esse tipo de coisa só acontece comigo, rsrsrs...

Fomos em um boliche com alguns amigos da faculdade (estavámos no primeiro semestre de jornalismo, estudamos juntos) e no meio do caminho eis que o noivinho me abraça... ok, ok... achei estranho, mas ele era bonitinho, então deixei, hahaha... na primeira jogada o espertinho me pergunta: "se eu derrubar um, você me dá um beijo?" acho que ele já previa o quanto era ruim... jogou e pasmem, não derrubou NENHUM! Hahahaha... direto para a canaleta! Posso com isso? Aí lá vem ele com cara de cachorro abandonado pedindo um beijinho mesmo assim, de consolação... e eu, sensível que sou, para não deixa-lo ainda mais tristinho, fiz o sacrifício... hahahahahaha...

E foi assim que começou! Brincadeirinhas à parte, foi assim mesmo... só não a parte do sacrifício, é claro!

Escrito por Jana às 17h03
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Histórico